Aumento dos Glúteos – Gluteoplastia

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Antes de qualquer cirurgia deve falar com o seu médico para discutirem as suas expectativas. No aumento de glúteos não é diferente. É importante decidirem, em conjunto, qual o tamanho e formato da prótese a ser aplicado em cada caso, para evitar desilusões. Também nestas consultas serão explicados todos os cuidados a ter nos dias que antecedem a cirurgia.

A Gluteoplastia é o procedimento mais eficaz se quer aumentar os glúteos. A cirurgia consiste numa incisão na parte superior do sulco interglúteo, ou seja, na zona superior entre as nádegas. Assim, a cicatriz não fica visível. No passo seguinte, o cirurgião cria uma zona onde a prótese é colocada.

A prótese pode ser colocada em qualquer zona do glúteo maior, como é explicado no vídeo Prótese de Glúteos, mas na maioria dos casos é colocada atrás do músculo.

O aumento de glúteos é feito com anestesia geral e requer internamento, entre 24 a 48 horas. O tempo de recuperação é de pelo menos 2 semanas.

A Dra. Luísa Magalhães Ramos explica:

“O resultado é visível logo após a cirurgia mas o resultado definitivo e mais natural só é visível após alguns meses.”

Atenção! É importante ter a certeza de que lhe vão ser colocadas próteses para glúteos e não para o aumento do peito, pois estas são mais fracas e têm menos longevidade, o que pode levar a que rebentem caso sejam colocadas nos glúteos.

Recomendações Pós-Operatórias:

Logo após o aumento de glúteos, pode ser necessária a utilização de um dreno para que este absorva os líquidos que se formaram entretanto, de modo a que recuperação seja mais rápida. Este é retirado dois a três dias depois.

As primeiras 48h são as mais dolorosas, pelo que se aconselha a toma de analgésicos e anti-inflamatórios para diminuir o desconforto.

Para optimizar resultados e diminuir potenciais problemas no período de recuperação, é aconselhado o uso de uma cinta de compressão e a realização de massagens de drenagem.

Como a cirurgia é realizada numa área importante para o movimento do dia-a-dia, terá de dormir de barriga para baixo durante, pelo menos, a primeira semana. Mais indicações quanto a posições para dormir e sentar serão dadas pelo seu médico.

Saiba mais sobre o processo de Aumentar os Glúteos

 

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone