Mamoplastia de Aumento: Técnica Cirúrgica

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Qual a técnica cirurgia da Mamoplastia de Aumento?

A mamoplastia de aumento é uma das cirurgias mais procuradas, principalmente pelo desenvolvimento da técnica cirúrgica e também da melhoria da tecnologia e qualidade no fabrico das próteses. Actualmente, as próteses têm uma maior durabilidade, são mais coesas e o gel de silicone é mais denso, conferindo à prótese um aspecto mais natural. Existem próteses de diversas formas (redondas, anatómicas ou em gota), de diversos tamanhos e volumes. Esta variedade de escolhas permite ao médico indicar qual a prótese que mais se adapta ao corpo da paciente, de forma a produzir um resultado o mais natural possível.

O procedimento produz óptimos resultados e a recuperação é rápida. É utilizada anestesia local com sedação, na maior parte dos casos, e a doente pode voltar para casa no mesmo dia.

Quanto tempo demora o procedimento da Mamoplastia de Aumento?

O procedimento cirúrgico dura em média de 1 a 2 horas. A este tempo junta-se o tempo de permanência no ambiente do Centro Cirúrgico, que envolve a preparação para a administração da anestesia e a recuperação pós-operatória.

As próteses mamárias podem ser colocadas através de 3 incisões diferentes:

  • Via axilar
  • Via peri-aureolar inferior (mamilo)
  • Via sulco sub-mamário (a mais utilizada pela maioria dos cirurgiões plásticos)

Independentemente da incisão realizada as cicatrizes têm cerca de 4,5 cm. Por vezes, deixa-se um dreno, para evitar que as secreções produzidas no primeiro dia não se acumulem junto da prótese.

Para a obtenção de um bom resultado estético na mamoplastia de aumento, é necessário que a mama, depois de colocada a prótese, apresente uma forma natural e proporcional ao corpo da doente, sem exageros no volume. Por outro lado, a prótese deve ficar bem coberta com os tecidos naturais da pele.

A Dra. Luísa Magalhães Ramos explica:

Dra Luísa Ramos - Mamoplastia de aumento“Colocar o implante à frente ou atrás do músculo, tem de ser uma decisão conjunta entre a cirurgiã e a doente, já que ambas as técnicas têm vantagens e desvantagens. Por exemplo, se a utente for muito magra, o implante atrás do músculo peitoral, fica mais natural, no entanto a recuperação é menos confortável.”

Para mais informações sobre a mamoplastia de aumento consulte o vídeo em Dra. Luísa Magalhães Ramos – Mamoplastia de aumento nas manhãs da TVI  ou no nosso site.

Veja Também:

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone