Mentoplastia: Quais os riscos da cirurgia e da anestesia?

A Dra. Luísa Magalhães Ramos explica que, na maioria das vezes, a mentoplastia é feita recorrendo a anestesia local com sedação, não sendo necessária anestesia geral por ser uma cirurgia simples.

mentoplastiaTodavia, importa salientar que todos os procedimentos cirúrgicos e anestésicos têm sempre associados algum risco de complicações. Durante a consulta, a cirurgiã explica detalhadamente todas as questões, para a melhor decisão.

Como funciona a cirurgia?

A mentoplastia tem uma duração média de 40 minutos. A introdução do implante pode ser feita através de cortes no interior da boca, por baixo da dentição inferior, evitando cicatrizes externas.

Suspensão de medicamentos

Pode ser necessária a interrupção da toma de certos medicamentos, por parte de dos utentes. O período de suspensão será indicado pela cirurgiã consoante os casos. Os medicamentos cujo consumo deve ser suspenso são os seguintes:

– antidepressivos
– anti-hemorrágicos
– anticoagulantes
– anti-inflamatórios
– diuréticos

Casos de gripe, indisposições ou a antecipação do período menstrual devem ser comunicados à equipa médica antes da intervenção.

Suspensão do consumo de tabaco

A mentoplastia obriga a uma paragem no consumo de tabaco, tanto no pré-operatório como no pós-operatório, devido aos malefícios que o fumo provoca no corpo. O consumo de tabaco impede a circulação e a cicatrização. O tempo que a abstinência deve durar será indicado pela cirurgiã.

Outros cuidados do pré-operatório

Outros cuidados necessários, dependem de caso para caso. Seguem-se algumas indicações que devem ser tomadas em conta pelo paciente antes da intervenção cirúrgica:

– Convém não aplicar cremes no rosto;
– deve manter-se jejum de alimentos sólidos e líquidos, nas oito horas antecedentes à cirurgia;
– o consumo de alimentos gordurosos e de bebidas alcoólicas deve ser evitado, na véspera da operação;
– é importante que o paciente se mantenha calmo, se sentir muita ansiedade deve comunicá-lo à cirurgiã para que esta o possa aconselhar da melhor forma.

Há alguma forma de simular o resultado?

Actualmente, há programas de computador que fazem simulações do resultado final após a mentoplastia – como a medicina não é uma ciência exacta, o resultado não pode ser previsto com total fidedignidade.

É vantajoso apenas para o paciente poder ter uma ideia da transformação e não como uma promessa de resultados.

Para mais informações, pode consultar os artigos que explicam o que é a mentoplastia e os cuidados a ter no pós-operatório.

Saiba mais em www.lmrcirurgiaplastica.pt

Publicado em Mentoplastia a por .

Sobre Dra. Luisa Ramos

A Drª Luísa Magalhães Ramos é licenciada pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, especialista em Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética, fez a especialidade no Hospital de S. José, em Lisboa. Ao longo da sua formação, subespecializou-se na área da Cirurgia Plástica Estética, tendo trabalhado em centros de renome mundial, nomeadamente no Instituto Prof. Ivo Pitanguy (Rio de Janeiro), na Clinica Pieta (Curitiba, com a Prof.ª Ruth Graf) e nas Clínicas do Dr. Alana Matarasso e Daniel Baker (Nova Iorque). Participa frequentemente em cursos de actualização sobre as mais recentes e inovadoras técnicas cirúrgicas.