Como tratar a Hiperhidrose/Hipersudorese?

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Tratamento com Toxina Botulínica

hiperidrose como tratarA hiperhidrose pode ser tratada sem recorrer à cirurgia, através dum produto chamado toxina Botulínica.

A Dra. Luísa Magalhães Ramos explica-nos que esta substância é usada desde os anos 80, no tratamento de rugas de expressão, sendo também eficaz no combate à hiperhidrose ou hipersudorese.

O produto é aplicado sem necessidade de internamento. Com uma seringa é aplicada a toxina que “desactiva” as glândulas sudoríparas. É utilizada anestesia local e a aplicação demora entre 20 a 40 minutos, dependendo da zona do corpo.

Após uma semana, o utente já sente a diferença na sua transpiração, porém,  o tratamento não é definitivo. Os resultados são efectivos apenas durante cerca de 6 meses. Após este período, o utente terá de repetir a aplicação, precisando de várias injecções até ter valores de transpiração razoáveis.

 

Simpatectomia Torácica

A cirurgia é a solução mais definitiva para a hiperhidrose. A esta cirurgia chama-se simpatectomia torácica superior e consiste na remoção de fibras do sistema nervoso autónomo, responsáveis pela transpiração. Este procedimento é efectuado de ambos os lados em simultâneo, por via endoscópica na zona da axila. Do ponto de vista estético não há qualquer sinal ou cicatriz.

Na maioria dos casos, o utente é submetido a anestesia geral. A intervenção demora aproximadamente 40 minutos e o resultado é visível nos dias seguintes.

O procedimento pode recorrer a várias técnicas: bloqueio do nervo ou excisão de uma ou mais secções do nervo ou de gânglios.

Cada secção é responsável por uma zona do corpo:

– na hiperhidrose palmar, os nervos a serem visados são o L3 e L4;
– no caso da hiperhidrose axilar ou palmar leve são os L4 e L5;
– hiperhidrose reflexa/compensatória tem maior tendência a aparecer quando se trata dos nervos mais próximos do L2.

Simpatectomia Lombar

As técnicas são similares neste procedimento mas aplicam-se maioritariamente nos casos de hiperhidrose dos pés, nádegas e virilhas. A simpatectomia lombar implica maior número de incisões, realizadas na zona da barriga.

Saiba mais sobre Hiperhidrose em www.lmrcirurgiaplastica.pt

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email