Mamoplastia de Redução: Pós-Operatório

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Nos primeiros dias após a mamoplastia de redução, a paciente sentir-se-á um pouco cansada, pelo que deverá permanecer em repouso num ambiente calmo. A dor decorrente da cirurgia não costuma ser forte, e pode ser facilmente atenuada, com o uso de analgésicos.

A troca dos curativos é feita a cada 48 horas, com intervalos maiores ao longo do tempo.

Os pontos são retirados ao fim de duas semanas. A data é combinada antecipadamente com o médico. Na maioria dos casos, a mulher pode retornar às suas actividades diárias, ao fim de poucos dias.

A Dra. Luísa Magalhães Ramos recomenda:

Dra Luísa Ramos“A paciente deve evitar esforços físicos violentos ou ginástica durante 3 a 4 semanas;

A paciente deverá usar um soutien específico durante 1 mês. Deve usá-lo durante o dia e também à noite. Após este período é indispensável o uso do soutien sempre que a paciente pratique desporto;

A paciente poderá tomar banho ou duche apenas quando o médico o indicar.”

Os resultados permanentes e definitivos da mamoplastia de redução só serão visíveis após alguns meses. Com o passar do tempo há factores, como a idade, gravidez ou aumento de peso, que podem fazer com que os seios aumentem de tamanho ou descaiam novamente.

É importante referir que em pessoas fumadoras ou mulheres com volume mamário excessivo os resultados podem não ser perfeitos. No entanto, as técnicas modernas de redução procuram sempre um resultado harmónico, em que a mama tenha uma forma bonita, e seja proporcional ao corpo da paciente.

Procura-se também, no procedimento, que as cicatrizes sejam o mais pequenas possível. No entanto, é preciso compreender que o processo de cicatrização varia de paciente para paciente.

A qualidade de cicatrização dependerá, assim, das peculiaridades especiais de cada um. Por outro lado, é também fundamental que o paciente siga religiosamente todas as prescrições médicas, de forma a evitar complicações futuras e garantir que o resultado final da mamoplastia de redução seja satisfatório.

Complicações pós-operatório

A redução da mama, tal como outras cirurgias estéticas, não está isenta de complicações. É considerada uma técnica cirúrgica segura, sempre que seja realizada por um equipa médica competente e devidamente treinada.

Entre as complicações mais frequentes listam-se infecções, diminuição da sensibilidade mamária, cicatrizes grossas e vermelhas (queloides) ou largas, especialmente em mulheres negras. Nos casos em que a redução mamária é muito grande, a capacidade de aleitamento pode ser afectada.

Saiba mais sobre Mamoplastia de Redução em: www.lmrcirurgiaplastica.pt e em artigos publicados anteriormente

 

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone