Mamoplastia de Redução: Problemas físicos de ter seios grandes

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Os problemas físicos de ter seios grandes são uma realidade para muitas mulheres que vêem a sua vida diária comprometida de diversas maneiras. A mamoplastia de redução é uma técnica cirúrgica que corrige o tamanho das mamas, assim como a flacidez e a forma.

Queixas comuns de mulheres com mamas demasiado volumosas

O peso excessivo causado por seios grandes traduz-se em dores nas costas e no pescoço, regra geral devido a más posturas e tensões a nível muscular.

Desconforto e sulcos nos ombros apresentam-se também frequentemente como sintomas. Estas queixas devem-se à pressão exagerada das alças do soutien nesta parte do corpo.

Podem também surgir problemas de pele como eczemas debaixo da mama, criando desconforto e comichão. Por vezes, existe dormência dos dedos e das mãos.

Seios demasiado grandes também afetam o psicológico das mulheres

O volume exagerado dos seios assume consequências físicas e traz repercussões na vida diária.

Para mulheres com seios grandes, experimentar roupa pode tornar-se complicado e frustrante. De igual forma, a execução de tarefas diárias simples como a lida da casa ou a prática de exercício físico torna-se muitas vezes desconfortável.

Desta maneira, muitas mulheres sentem-se também psicologicamente afetadas e com baixa auto-estima. Evitam as situações anteriormente referidas e que sentem como embaraçosas.

Algumas desenvolvem quadros depressivos decorrentes do desconforto físico e emocional.

Mamoplastia de redução é a resposta que procura

Os factores de origem hereditária e os estímulos hormonais são as causas principais de ter seios grandes. A nível da flacidez, o envelhecimento, a amamentação e a perda de peso relevante traduzem-se como consequência direta.

A Mamoplastia de redução é a solução para peitos volumosos e pesados.

Esta cirurgia tem como objetivo remover tecidos glandulares, gordura e pele, de forma a redimensionar a mama para o tamanho desejado.

Deve ser executada depois do desenvolvimento total das mamas, ou seja, no fim da puberdade. No entanto, a decisão sobre a melhor altura para se submeter à intervenção será sempre do médico.

A paciente tem de estar em boas condições físicas para se submeter à mamoplastia de redução.

Resultados da redução mamária

É importante ter em conta que a expetativa com os resultados deve ser realista, já que não existe perfeição na cirurgia plástica.

No entanto, os problemas físicos de ter seios grandes podem ser atenuados de forma muito satisfatória com a mamoplastia de redução.

Esta cirurgia contribui para a melhoria da qualidade de vida das pacientes. Para além de aliviar os sintomas físicos, devolve auto-estima e bem-estar interior.

Se partilha destes problemas e procura uma solução, confie o procedimento a médicas especializadas e experientes.

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email