Quero mudar o meu pénis, a lipoescultura peniana é a solução?

Os homens insatisfeitos com o seu corpo podem fazer cirurgias plásticas?

Nos ultimos anos, a frequência com os homens recorrem à cirurgia plástica tem aumentado. Este facto acontece porque os homens prestam mais atenção à sua saúde e ao seu corpo. Antigamente a cirurgia não oferecia a possbilidade de mudança e melhoria da estetica corporal ou simplesmente os homens não podiam satisfazer o seu desejo de mudar a imagem corporal por ser um assunto tabu. Hoje a cirurgia plástica pode responder a temas tabus, como a forma e o tamanho do órgão sexual masculino, a redução da mama masculina, e outras alterações de foro estético, no corpo masculino.

Aumento de penisExistem muitas alterações anatómicas no órgão sexual masculino (não só em relação  ao tamanho, mas também em relação à forma e à espessura), de diferentes etiologias ou simplesmente variantes do normal. No entanto, muitos são os homens insatisfeitos com o seu orgão sexual, causando stress na sua vida quotidiana e sobretudo na sua vida sexual, por baixa de auto-estima e surgimento de complexos, pois o pénis é para o homem a imagem de virilidade e masculinidade. Para estes a cirurgia intima masculina pode ser a resposta e a resolução da sua insatisfação e infelicidade em muitas vertentes da sua vida.

O que é a lipoescultura peniana e qual é o seu objectivo?

A cirurgia de alteração e melhoria da forma do órgão sexual masculino, também conhecida como cirurgia íntima masculina, pode ser conseguida através de uma intervenção relativamente simples e rápida, a lipoescultura peniana.

O objectivo da lipoescultura peniana é melhorar a aparencia do pénis, tornando-o mais armonioso com o biotipo do homem que a requer, não aumentando o seu comprimento mas modificando a sua espessura em diâmetro e corrigindo alguns defeitos de contorno (distrofias).

Qualquer homem pode mudar a forma do seu orgão sexual?

Qualquer homem maior de idade, pode ser submetido a esta intervenção não existindo restrição quanto à idade máxima. No entanto, como para qualquer cirurgia, o seu estado fisico deve estar o mais melhorado possivel, sem lesões ou doenças locais (no pénis), nomeadamento infecciosas, para evitar possiveis complicações no pós-operatório.

No que consiste a lipoescultura peniana?

A lipoescultura peniana é um procedimento relativamente simples, não necessitanto de anestesia geral e não é muito invasivo, sendo feito em regime de ambulatório, com anestesia local e sedação, sendo que o doente não sente dor e tem alta para casa no próprio dia.

Na lipoescultura peniana, retira-se tecido adiposo (gordura) com uma seringa, de regiões do corpo onde este esteja depositado em excesso (abdomen, coxas, dorso, etc). Em seguida, esta gordura, do próprio doente, é tratada e injectada no pénis previamente anestesiado, nas regiões que se desejam alterar, existindo um limite de gordura a ser injetada (no máximo, 100 centímetros cúbicos).

A esta cirurgia pode ainda ser associada a lipoaspiração da gordura pré-pubiana. Com esta associação, a gordura injectada no órgão sexual masculino é retirada da região superior à base do pénis onde está depositada em excesso e que a cobre parcialmente. Ao se retirar este depósito de gordura vai originar maior exposição da base do pénis, dando a sensação de aumento do seu tamanho. Este aspecto pode ser melhorado com a lipoaspiração abdominal, que também muitas vezes descai sobre a base do pénis.

Outro tipo de cirurgias de aumento do pénis podem ser associadas à lipoescultura peniana, consoante a anatomia e o objectivo pretendido.

Como em todas as cirurgias, existem riscos inerentes e complicações próprias à lipoescultura peniana. Para reduzir a sua probabilidade é importante que estas intervenções sejam particadas por um médico experiente, capacitado para fazer este tipo de procedimento e sejam respeitadas a sindicações dadas pelo médico para o pós-operatório.