Share on Facebook0Pin on Pinterest0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

AUMENTO DO PÉNIS: PORQUÊ E PARA QUÊ?

«Fetiche» ou necessidade

Muitos homens vivem insatisfeitos com o tamanho do seu pénis, pelo que as intervenções ao nível do aumento peniano são muito procuradas. Estima-se que 0,6 por cento dos homens sofram de síndrome do micropénis, ou seja, tenham pénis com dimensões inferiores à da média, ou seja, entre os 12 e os 15 centímetros. O síndrome do micropénis pode ser provocado pela obesidade, nomeadamente durante a adolescência. Estes indivíduos necessitam de intervenções de aumento do pénis.

Técnicas de aumento do pénis

Há várias técnicas, anunciadas diariamente, que prometem milagres no aumento do órgão sexual masculino. Desde próteses a pílulas milagrosas, passando por bombas e outros artefactos mais ou menos bizarros, tudo é utilizado para prometer um aumento peniano em tempo recorde.

No entanto, a verdade é que nenhuma destas técnicas ou comprimidos realmente funciona, sendo a maior parte embustes de maior ou menor valor. As estratégias mais eficazes para aumento do pénis são de carácter cirúrgico, no entanto, não estão totalmente isentas de riscos.

Entre as várias intervenções adoptadas, destacam-se:

1. Cirurgia de ligamento suspensor do pénis: trata-se de um procedimento cirúrgico muito simples, que consiste na intervenção ao nível deste ligamento, e que permite aumentar o pénis, enquanto flácido, entre 0,5 e 1,3 centímetros.

2. Lipoaspiração da gordura pré-pubiana: estas intervenções são utilizadas quando a gordura cobre parcialmente a base do pénis e o problema é agravado pelo volume da gordura abdominal.

3. Hidroceles volumosas: o tratamento cirúrgico de hidroceles reduz o volume escrotal e melhora a exposição do comprimento peniano.

4. Enxertos e retalhos: consistem na transferência cirúrgicas de pele de outras regiões do corpo para o pénis. Normalmente, são indicadas em amputações traumáticas e servem para aumentar o pénis, quer em comprimento, quer em espessura.

5. Injecção de biomateriais: a injecção de PMMA, gordura, silicone e outras substâncias no pénis e escroto visa aumentar a circunferência do pénis.

6. Faloplastia: cirurgia de aumento do pénis, que ao nível do comprimento, quer ao nível do diâmetro.

Há várias hipóteses para o aumento do pénis, quer em comprimento, quer em diâmetro. Nenhuma está isenta de riscos, no entanto, as cirurgias são as únicas formas relativamente seguras do aumento do órgão sexual masculino, todas as outras são embustes mais ou menos desonestos.

BLOG DRA. LUÍSA RAMOS, Artigos relacionados com Aumento de Pénis:

Dúvidas?

Coloque-me as suas questões.


O SEU NOME*

O SEU EMAIL*

TELEFONE*

ESTOU INTERESSADO(A) EM*:

MENSAGEM


O SEU NOME*
O SEU EMAIL*
TELEFONE*
ESTOU INTERESSADO(A) EM*:
MENSAGEM
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone