Mamoplastia de Redução – Quando o Peito é Demasiado Grande….

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Quando o peso dos seios é demasiado grande, isso constitui não só um problema estético mas também de saúde. A mamoplastia de redução é a solução para este constrangimento que afeta muitas mulheres.

Mamoplastia Redução 

Queixas associadas a um peito demasiado grande e volumoso

As principais causas do volume excessivo das mamas são de origem hereditária e relacionadas com fatores hormonais. A flacidez surge já como consequência do envelhecimento, da perda acentuada de peso ou da amamentação aquando de uma gravidez.

Seios pesados e volumosos podem causar diversas queixas físicas como:

  • Dor no peito e nas costas;
  • Dores na coluna (com acentuação da cifose dorsal);
  • Dor nos ombros;
  • Eczemas na pele,
  • Postura errada com tensões musculares;
  • Constrições na zona da alça do soutien.

Este problema provoca, na maioria das vezes uma perda de autoestima, o que interfere no bem-estar físico e psicológico da mulher.

O que é a Mamoplastia de Redução?

A redução mamária é um procedimento cirúrgico cujo objetivo é diminuir o tamanho dos seios.

Isto é conseguido através de uma incisão em cada peito, através da qual é retirado o excesso de tecidos glandulares, gordura e pele, tornando os seios mais firmes (diminuindo a flacidez).

A intervenção permite restabelecer o tamanho natural dos seios volumosos e promove ainda a simetria entre seios desiguais, uma vez que há uma redistribuição do tecido mamário.

Quais os benefícios de uma mamoplastia de redução?

Esta cirurgia está aconselhada para mulheres que se sentem desconfortáveis com o volume das suas mamas.

Tratam-se de pessoas que desejam diminuir o tamanho e o peso dos seios por vários motivos, sendo o principal o alívio do desconforto e as dores nas costas e/ou pescoço.

A mamoplastia de redução para alem de melhorar a harmonia corporal, vai contribuir para melhorar a saúde física, mental e sexual das pacientes, uma vez que se revela altamente benéfica do ponto de vista emocional.

Como é realizada a cirurgia?

Como cada mulher é um caso em particular. O cirurgião plástico começa por fazer uma avaliação da quantidade de volume, do tipo de pele e da consistência da mama. Com base neste estudo, vai verificar qual a técnica cirúrgica que estará mais indicada para cada caso.

Na consulta de avaliação o médico especialista deve esclarecer, detalhadamente, todos os passos da cirurgia.

Esta intervenção é realizada com anestesia local e sedação.

Técnicas usadas na redução mamária

Em T

A técnica inicia-se com uma incisão feita ao redor da auréola e outra ao longo do sulco mamário.

É através do corte que o cirurgião consegue retirar o excesso de pele, gordura e glândula mamária, conferindo à nova mama um melhor e menor formato, proporcional ao corpo da paciente. A incisão é feita em forma de “T” invertido.

No final do procedimento, a auréola e o mamilo são recolocados.

Vertical

Nesta técnica não é utilizado o corte pelo sulco submamário. Evita-se, assim, essa cicatriz. Este procedimento permite esconder melhor as incisões e torná-las o mais curtas possível.

Uma das preocupações na mamoplastia de redução é preservar a posição da mama, manter a sensibilidade do mamilo e a capacidade de lactação da mama.

Como decorre o Pós-operatório da mamoplastia de redução ?

Após a realização de uma redução mamária, a evolução pós-operatória em geral é tranquila e pouco dolorosa. Podendo a dor decorrente da cirurgia ser facilmente atenuada, com o uso de analgésicos.

É importante que a paciente tenha a noção que o seu envolvimento pessoal nesta fase é essencial para a obtenção de um resultado excelente que tanto deseja.

Cuidados pós-operatórios mais importantes

O sucesso da cirurgia não depende somente do procedimento cirúrgico mas igualmente dos cuidados a ter na fase pós-operatória.

É assim extremamente importante seguir todas as indicações da equipa médica, para uma excelente recuperação.

Entre as recomendações essenciais, deve:

  • Manter um repouso relativo nos primeiros 8 dias;
  • Seguir rigorosamente a prescrição médica;
  • Evitar movimentos com os braços em excesso, levantamento de objetos pesados principalmente nos primeiros 10 a 15 dias (isto é muito importante para uma boa cicatrização);
  • Usar o soutien cirúrgico continuamente (dia e noite) por um período de 30 dias;
  • A troca dos pensos é feita a cada 48 horas, com intervalos maiores ao longo do tempo;
  • Deve evitar molhar o penso;
  • Deve seguir uma alimentação normal (salvo raros casos que receberão orientação médica);
  • Deve voltar ao consultório para controle pós-operatório nos primeiros dias e horários estipulados;
  • Os pontos são retirados ao fim de duas semanas. A data é combinada antecipadamente com o médico;
  • Após a retirada do penso, deve massajar as cicatrizes com o creme prescrito pelo médico, o que vai ser essencial para a sua cicatrização;
  • Não deve conduzir por um período de uma semana;
  • A exposição ao sol deve ser feita gradualmente após 30 dias.

Podem ocorrer complicações?

A redução mamária, tal como outras cirurgias estéticas, não está isenta de complicações. Todavia, é uma técnica cirúrgica bastante segura, desde que seja realizada por um equipa médica competente e devidamente treinada.

Embora raras, algumas das complicações que podem ocorrer são:

  • Dificuldade de cicatrização;
  • Infeções;
  • Alteração da sensibilidade mamária;
  • Cicatrizes grossas e vermelhas (queloides) ou largas (especialmente em mulheres de raça negra).

Nos casos em que a redução mamária é muito grande, a capacidade de aleitamento pode ser afetada.

Resultados da Redução Mamária

O resultado da redução mamária pode ser observado de imediato. No entanto, os seios só se encontrarão completamente recuperados ao fim de 6 meses após a intervenção cirúrgica.

Em pessoas fumadoras ou em mamoplastias de redução extremas, pode ser mais difícil atingir resultados excelentes.

As técnicas mais modernas de redução procuram uma redução mamária que deixe uma forma bonita da mama, com volume residual suficiente, uma adequada projeção e cicatrizes o mais pequenas possível.

Cicatrizes da mamoplastia de redução

As cicatrizes ficam em parte escondidas debaixo das mamas, no sulco infra mamário, e ficam também menos visíveis com o passar do tempo.

Contudo, a cicatrização é uma característica pessoal que varia de paciente para paciente, e está igualmente dependente, do envolvimento da mesma nos cuidados pós-operatorios.

O que a demove de realizar uma redução mamária?

Certamente já pensou em realizar uma mamoplastia de redução, mas sentiu receio. Por achar que é um procedimento muito doloroso ou demasiado complexo.

Não fique a pensar. Informe-se, esclareça as suas dúvidas e o seu receio vai desaparecer.

Se está farta desse peso e se isso afecta o seu dia a dia, consulte uma das melhores cirurgiãs de Lisboa altamente especializada em mamoplastias.

Na nossa clínica de cirurgia plástica em Lisboa vai encontrar uma equipa experiente e preparada para a aconselhar a encontrar a melhor solução para o seu caso.

Se Gostou Partilhe...
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email