Share on Facebook0Pin on Pinterest0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Assimetrias Mamárias

Nenhuma mulher tem um peito 100% simétrico. Há sempre pequenas diferenças que na maioria dos casos passam despercebidas e não são causa de incómodo ou desconforto para a mulher.

No entanto, em alguns casos,  essa assimetria é bastante notória desde a adolescência, podendo inclusivamente tratar-se de uma malformação.  Em algumas situações, provocam um grande desgosto à mulher que sofre muitas vezes em silêncio, evitando revelar o seu problema em actividades tão simples como desporto ou idas à praia, por ter vergonha do seu corpo.

Há várias técnicas e formas de corrigir ou diminuir essas assimetrias:

  • Por vezes é necessária a a utilização de próteses diferentes em cada mama.
  • Noutros casos, pode ser preciso reduzir uma mama e aumentar a outra.
  • Em algumas situações, uma mama está mais descaída do que a outra e é preciso levantar mais.
  • Na maioria dos casos, usam-se combinações de técnicas, de forma a conseguir-se o melhor resultado possível.

O objectivo é reestabelecer uma harmonia corporal, de forma a apresentar um resultado proporcional e adequado e ao mesmo tempo lidar de forma carinhosa e humana com um problema que para algumas mulheres e jovens é extremamente sensível.


Veja o que a Dra. Alice Varanda Pereira tem a dizer sobre este tema:

Dúvidas?

Coloque-me as suas questões.


O SEU NOME*

O SEU EMAIL*

TELEFONE*

ESTOU INTERESSADO(A) EM*:

MENSAGEM


O SEU NOME*
O SEU EMAIL*
TELEFONE*
ESTOU INTERESSADO(A) EM*:
MENSAGEM
Share on Facebook0Pin on Pinterest0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone